O que significa “overtourism”?

16 de setembro de 2022 by Debora Rondinelli0
shutterstock_2155342735-1200x800.jpg

A palavra overtourism é um termo relativamente novo. De acordo com o Dicionário Oxford, significa: “Um número excessivo de visitas turísticas a um destino ou atração popular, resultando em danos ao meio ambiente local e sítios históricos, e também em populações mais pobres, afetando a qualidade de vida dos moradores”.

À medida que o setor de turismo se recupera das baixas pandêmicas, os viajantes estão mais uma vez experimentando as consequências do overtourism em destinos atraentes, mas lotados.

A Organização Mundial de Turismo da ONU, juntamente com parceiros dos setores público e privado, marca 27 de setembro como o Dia Mundial do Turismo e usa essa plataforma para discutir os impactos sociais, políticos, econômicos e ambientais do turismo.

Este dia destaca a importância do turismo sustentável – uma estrutura para envolver viajantes e a indústria de viagens em geral no apoio a metas que incluem proteger o meio ambiente, enfrentar as mudanças climáticas, minimizar o consumo de plástico e expandir o desenvolvimento econômico em comunidades afetadas pelo turismo.

De acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT), em 2019 foi registrado o recorde de 1,4 bilhão de viagens internacionais (isso sem contar o turismo doméstico em cada país). A estimativa é que esse número alcance 1,8 bilhão em 2030. O setor é responsável hoje por mais de 10% do PIB mundial e um em cada dez empregos no planeta. Toda essa movimentação representa hoje geração de empregos, produtos de exportação, integração entre culturas, troca de experiências e muitos outros benefícios. Mas também significa aumento das emissões de gases de efeito estufa, esgotamento de recursos naturais, excesso de lixo, exploração de mão de obra, gentrificação, aprofundamento de desigualdades, extinção de culturas.

Com o crescimento constante do número de viagens e viajantes, é essencial que o turismo se transforme em um setor mais sustentável e gere menos impactos negativos para as pessoas e para os planeta. Cabe a nós, viajantes, empresários, lideranças e autoridades, repensarmos e reconstruirmos o turismo, fazendo com que a sustentabilidade se torne padrão em todo e qualquer tipo de viagem, seja ela em qualquer destino e para qualquer perfil de viajante.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *